Artigo

SEFAZ

Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas
Terça, 01 Setembro 2015 16:08

Uma revolução silenciosa no varejo brasileiro

George Santoro, secretário de Estado da Fazenda de Alagoas

Está em curso no país um projeto silencioso que transformará completamente o modo de se fazer negócios no varejo brasileiro. Concebido por Auditores Fiscais Estaduais membros do ENCAT – Encontro Nacional de Coordenadores e Administradores Tributários, o Projeto da Nota Fiscal do Consumidor Eletrônica (NFC-e) já conta com a adesão de quase todos os estados e visa substituir o atual cupom fiscal emitido por um equipamento ECF por um totalmente eletrônico, com redução significativa dos custos operacionais para as empresas e eliminação de grande quantidade das obrigações acessórias.

Ela também garante mobilidade ao varejo, já que possibilita que as vendas sejam feitas diretamente em dispositivos móveis como smartphones e tablets, sem necessidade de autorização prévia pelo Fisco para uso de cada equipamento, como acontece no modelo atual, e otimiza os recursos humanos, por permitir que as vendas sejam feitas e formalizadas pela mesma pessoa que realizou o atendimento ao consumidor.

Empresas que estão participando do projeto piloto em outros estados relatam aumento nas vendas decorrentes das chamadas vendas por impulso, pois o tempo entre o atendimento e o pagamento é encurtado e, mesmo naqueles que ainda mantém o caixa fixo, percebeu-se a redução de 21 segundos por cliente.

O sistema também reduz os custos para início de um negócio e possibilita a formalização de milhares de negócios país a fora. Além de impactar positivamente a rotina das empresas, a NFC-e garante ao Fisco o acesso a informações fiscais em tempo real e reduz significativamente o uso do papel.

Os consumidores também serão beneficiados. Podem receber a Nota Fiscal diretamente em seu e-mail ou celular, sem necessidade de impressão e com total garantia de validade e baixar extrato de todas as notas emitidas em seu CPF no Portal das Receitas Estaduais.

Como toda revolução bem sucedida, é a NFC-e um caminho sem volta, resultado da parceria entre o Fisco, desenvolvedores de software e contribuintes, que aumentará os lucros dos empresários e garantirá atendimento mais eficiente.

Com todos os benefícios, o Estado de Alagoas adere ao projeto nesta semana, um grande esforço dos servidores da Secretaria da Fazenda que aceitaram, apesar de todas as dificuldades, implementar este sonho em tempo recorde para garantir o benefício a toda a população.