Notícia

SEFAZ

Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas



×

Aviso

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 1017

Mostrando itens por tag: NFC

A contrapartida social da Campanha Nota Fiscal Cidadã (NFC) foi explorada durante o tradicional “Trote Solidário” da Estácio de Sá, em Alagoas. Finalizada durante esta semana, o resultado da ação não poderia ser melhor: os alunos conseguiram centenas de novos cadastros na NFC que escolheram a Casa do Coraçãozinho como instituição beneficiada. 

E os estudantes cumpriram a missão. Segundo os números da Sefaz/AL, foram contabilizados cerca de 1.700 novos inscritos no Programa NFC. Os novos cadastrados adotaram a Casa do Coraçãozinho para o compartilhamento de cupons fiscais. A ideia era também estimular o exercício da cidadania ao exigir a nota fiscal e divulgar o aspecto social da NFC.

“A iniciativa possibilitou que os alunos desmistificassem a ideia que, ao adotar uma instituição social e compartilhar seus cupons, perdem a oportunidade de concorrer aos prêmios, mas o que acontece é que, dessa forma, as chances de premiação dobram, bem como as da instituição escolhida”, esclarece a gerente comercial da Estácio de Sá, Simone Moreira.

A gerente do Programa de Educação Fiscal da Sefaz/AL, Glácia Tavares, também concorda que a participação dos alunos vem somar a Campanha. “É uma forma também de difundir os benefícios ao exigir a nota fiscal e como isso contribui para o desenvolvimento de Alagoas”, explica a gerente do Programa Educação Fiscal da Sefaz, Glácia Tavares.

“Trote Solidário”

O desafio nesta edição, que começou no dia 1º de setembro e finalizado no último dia 24, consistiu em gerar resultados multiplicadores e conscientizar a população sobre a contrapartida social da Campanha Nota Fiscal Cidadã. Para isso, foi iniciada uma espécie de gincana nos diferentes cursos da Faculdade e um dos requisitos para ganhar a competição era conseguir novos adeptos na NFC.

Para contabilizar o total de cadastrados, a equipe de TI da Sefaz disponibilizou um endereço eletrônico onde os estudantes irão inserir os dados dos consumidores. Para ganhar pontos para a sua equipe é preciso incluir o nome do curso.

O curso que teve um número maior de cadastros foi Enfermagem com 561 inscritos, seguido por Educação Física que marcou 481 e em terceiro lugar ficou Fisioterapia com 404. O resultado completo pode ser acompanhado em www.sefaz.al.gov.br/trotesolidario/.

Para a Estácio, a premiação, que aconteceu na noite desta quarta-feira (27), é simbólica e o evento tem a missão maior de difundir o exercício da cidadania e a solidariedade entre os alunos. “É uma ação que integra todos em prol de uma causa maior”, finaliza Simone.

Casa do coraçãozinho

O projeto funciona como um local de apoio e atendimento especializado a crianças cardiopatas, dedicado exclusivamente aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). A casa de apoio é localizada em frente ao Hospital do Coração, no bairro da Gruta de Lourdes, e oferece acompanhamento clínico para quase 500 crianças alagoanas que nascem com problemas cardíacos.

Novas parcerias

No mês de conscientização sobre o câncer infantil, A Sefaz/AL junto a Associação dos Pais e Amigos dos Leucêmicos de Alagoas (Apala) realizou, na noite desta quarta-feira (27), uma palestra para do Programa de Educação Fiscal, a NFC e sobre as ações do projeto social na Universidade Maurício de Nassau, unidade Farol.

“Queremos divulgar para os alunos e professores o nosso trabalho e ao mesmo tempo informar que eles podem abraçar a causa ao compartilhar cupons fiscais com a Apala”, explica a diretora presidente, Rozenita Gomes.

Informações adicionais

  • Chapéu CIDADANIA
  • Bigode Alunos da Estácio utilizam a NFC para beneficiar crianças cardiopatas durante “trote solidário”
  • Repórter Débora Vieira

A campanha Nota Fiscal Cidadã (NFC) da Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas ganhou inúmeros adeptos em um ano de existência. Mais do que normal surgirem dúvidas entre os cadastrados. Pensando nisso, a Sefaz/AL disponibilizou um vídeo em seu canal do Youtube, fornecendo informações e esclarecendo as principais dúvidas dos participantes do programa.

 

O conteúdo foi produzido com base em cinco dúvidas recorrentes que foram enviadas para o e-mail institucional do programa de Educação Fiscal de Alagoas. Como solicitar os créditos e como transferi-lo? são algumas das perguntas mais frequentes e quem esclarece os temas é a gerente de Educação Fiscal da Sefaz, Glácia Tavares.

 

“Você solicita os créditos, entrando em sua conta. Para isso, você precisa primeiro se cadastrar no site da Campanha (www.sefaz.al.gov.br/nfa) e exigir o CPF nos Cupons Fiscais. Nesse sistema, você acompanha todos os documentos fiscais e lá você pode ver quanto você tem de crédito. Próximo passo é clicar no valor e solicitar o pagamento”, detalha Glácia, acrescentando que é preciso inserir uma conta corrente ou poupança no sistema para realizar a transferência.

 

Para quem ainda não participa da campanha, o vídeo, disponível em: https://youtu.be/jz5dMPPWt2E , explica também o que é necessário para concorrer aos prêmios, receber de volta parte dos tributos de compras efetuadas e ainda ajudar uma instituição social.

 

Além das Cinco principais dúvidas da Nota Fiscal Cidadã, a Sefaz já disponibilizou em seu Canal o vídeo Cinco motivos para pedir a nota fiscal, com intuito de abordar a importância da Campanha. As razões são: arrecadação de imposto, desenvolvimento do Estado, participação na Campanha, direito do consumidor e cidadania.​

Informações adicionais

  • Chapéu MULTIMÍDIA
  • Bigode Iniciativa soluciona questionamentos apresentados pelos cadastrados e a importância de exigir o CPF ao efetuar uma compra
  • Repórter Débora Vieira

A Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz/AL) por meio do Programa de Educação Fiscal (PEF) entrega, nesta sexta-feira (13), a premiação da Nota Fiscal Cidadã aos ganhadores nas modalidades pessoa física e instituição social. A solenidade acontece às 9h, no abrigo São Vicente de Paulo, no Cambona.

A entrega é referente ao sorteio de R$600 mil realizado no dia 19 de dezembro, comemorativo de Natal. Para a ocasião foram consideradas, aproximadamente, 188.395 notas fiscais acumuladas pelos participantes da campanha, entre setembro e outubro, gerando 48.889 bilhetes aptos à concorrência.

De acordo com a gerente de Educação Fiscal, Glácia Tavares, o último sorteio beneficiou cada modalidade com R$300 mil, distribuídos em 1610 premiações para pessoa física e 34 para as instituições sociais. A gerente afirma que a campanha busca desenvolver cada vez mais atividades de estímulo à cidadania e que os resultados estão sendo importantes para o alinhamento de projetos do Programa de Educação Fiscal.

 Créditos

Também nesta sexta-feira (13), a Sefaz realiza o pagamento dos créditos da campanha aos alagoanos que formalizaram a solicitação do dia 1º a 31 de dezembro de 2016. Desta vez, serão repassados R$ 123.157,66 aos consumidores, creditados em conta corrente cadastrada no sistema pelo próprio participante.

Balanço

Alagoanos inscritos na campanha da Nota Fiscal Cidadã foram beneficiados, em 2016, com mais de R$ 4 milhões referentes aos repasses mensais de créditos e aos sorteios. Do total, R$ 1,6 milhão foi pago em três edições dos sorteios e outros R$ 2,7 milhões foram pagos por meio da liberação de créditos aos consumidores que realizaram a solicitação durante o período.

Informações adicionais

  • Chapéu SOLENIDADE
  • Bigode Na mesma data, Sefaz repassa R$ 123 mil em créditos solicitados no mês de dezembro às contas dos alagoanos
  • Repórter Isabelle Monteiro
Página 6 de 6