Sefaz Alagoas disponibiliza cartilha sobre atualização do sistema Cobrança de DF-e - SEFAZ - Secretaria da Fazenda do Estado de Alagoas
Notícia

SEFAZ

Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas
×

Aviso

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 1017
Quinta, 14 January 2021 15:29

Sefaz Alagoas disponibiliza cartilha sobre atualização do sistema Cobrança de DF-e

Documento traz informações de forma ilustrativa e didática da plataforma repaginada Documento traz informações de forma ilustrativa e didática da plataforma repaginada Ivo Neto

A Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz-AL), buscando a comodidade ao contribuinte alagoano, disponibilizou uma cartilha sobre a atualização do Sistema de Cobrança de Documentos Fiscais Eletrônicos (DF-e) que começa nesta semana. O documento está disponível no Portal do Contribuinte.

A Cartilha tem o propósito de facilitar o processamento do Documento de Arrecadação de Receita (DAR) e a exibição das obrigações, quando em grande volume. O relatório de notas está mais compacto, sem deixar de conter as mesmas informações.

Com a atualização da plataforma, foi alterada a versão da tela “Minhas cobranças”, acessada através do Portal do Contribuinte. Agora, com a repaginação na mudança de layout e disposição do conteúdo, a tela “Minhas cobranças” é apresentada em páginas de até 250 notas, ou 500 obrigações. Esse incremento visa dar consistência e estabilidade ao sistema.

“O documento que pode ser acessado pelos alagoanos, busca evitar problemas de retenção e facilitar a operacionalização caso isso ocorra. A Sefaz está em constante evolução, viabilizando formas de praticidade aos contribuintes e contadores para que tenham acesso aos serviços fazendários de forma assertiva e transparente”, destaca o superintendente Especial da Receita Estadual, Francisco Suruagy.

Nesse novo formato, as obrigações do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e do Fundo de Combate e Erradicação da Pobreza (FECOEP) são apresentadas em linhas distintas, facilitando as liquidações, não mostrando ambas obrigações de uma nota “em aberto” quando liquidadas separadamente.

“A equipe do Cobrança aperfeiçoou a plataforma deixando mais navegável com informações precisas. Dessa forma, elaboramos esse tutorial bem objetivo e didático, para que possam realizar os procedimentos sem maiores dificuldades. O princípio da Fazenda é caminhar junto ao contribuinte, e temos como marca a inovação nesse processo de desburocratização”, pontua a líder do Programa Contribuinte Arretado, Elka Gonçalves