Nota Fiscal Cidadã: por que devo manter minha conta atualizada? - SEFAZ - Secretaria da Fazenda do Estado de Alagoas
Notícia

SEFAZ

Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas
×

Aviso

JUser: :_load: Não foi possível carregar usuário com ID: 1017
Quinta, 12 November 2020 14:48

Nota Fiscal Cidadã: por que devo manter minha conta atualizada?

Contemplados pelos sorteios da NFC devem acompanhar com regularidade o cadastro realizado no site da campanha Contemplados pelos sorteios da NFC devem acompanhar com regularidade o cadastro realizado no site da campanha Ivo Neto

O Programa Nota fiscal Cidadã (NFC) está a todo vapor: a cada dois meses, estão sendo sorteados R$ 2 milhões em prêmios para pessoas físicas e instituições cadastradas. No entanto, para não perder o prêmio, os consumidores que tirarem a sorte grande devem estar atentos à atualização de suas contas.

Os contemplados pelos sorteios da NFC devem acompanhar com regularidade o cadastro realizado no site da campanha, sempre atualizando informações de contato como número de telefone, endereço e email.

A Chefe de Educação Fiscal, Glácia Tavares, junto à equipe da Campanha de Educação Fiscal da Sefaz-AL vem notando uma grande dificuldade na hora de entrar em contato com os ganhadores por falta de atualização dos dados cadastrais.  

“Se o consumidor não estiver com sua conta atualizada, infelizmente não saberá que foi sorteado porque não conseguiremos contatá-lo”, alerta.  

Conforme dados dos relatórios financeiros dos sorteios, foi constatado que muitos consumidores não estão solicitando o pagamento de prêmios. A solicitação deve ser feita em até 1 ano, antes da prescrição e conseqüente perda do valor conquistado.   

“Nos sorteios de maio e julho, por exemplo, cerca de 26 pessoas não solicitaram seu pagamento. A maioria com prêmios altos, chegando até R$ 50 mil. As pessoas não estão verificando e atualizando suas contas e aí perdem o dinheiro” destaca Glácia Tavares.  

Como solicitar o prêmio da NFC

Para garantir o recebimento dos valores repassados pela campanha, o consumidor deve solicitar o documento fiscal, informando seu CPF no ato da compra. A partir da disponibilização, os créditos podem ser requeridos em qualquer data, sendo utilizados no prazo de um ano. O pagamento é realizado mensalmente.

Os lançamentos dos créditos advindos das compras (restituição de parte do imposto) são realizados duas vezes no ano - em abril e outubro. A cada dois meses, são realizados sorteios no valor de R$ 2 milhões. O último sorteio de 2020 será em comemoração ao Natal.

Como apoiar a Nota Fiscal Cidadã

Através do site nfcidada.sefaz.al.gov.br, o consumidor deve realizar seu cadastro no Programa Nota Fiscal Cidadã (NFC). A conta corrente é de caráter pessoal e intransferível, devendo ser criada exclusivamente pelo consumidor.

Após comprar um produto, o estabelecimento paga o imposto dessa mercadoria para o Governo do Estado e até 10% do ICMS volta para o consumidor que se cadastrou na campanha, pediu a nota e registrou seu CPF na hora da compra.

O consumidor pode dobrar suas chances ao compartilhar notas fiscais com uma instituição cadastrada na campanha. Ao todo são 102 entidades. A cada 10 notas fiscais, o consumidor ganha um cupom. Quando ele compartilha, ganha o número de bilhetes em dobro.