Notícia

SEFAZ

Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas
Terça, 17 December 2019 17:17
EDUCAÇÃO FISCAL

Secretaria da Fazenda distribui R$ 2 milhões em sorteio da NFC de Natal

Valores foram repartidos entre pessoas físicas e entidades sociais nesta terça-feira (17)

Sefaz realizou o último sorteio de 2019 da Nota Fiscal Cidadã em Jacarecica Sefaz realizou o último sorteio de 2019 da Nota Fiscal Cidadã em Jacarecica Ivo Neto
Texto de João Henrique Siqueira

O último sorteio da Nota Fiscal Cidadã (NFC) de 2019, especial de natal, foi repleto de emoções e alegrias, promovido pela Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz-AL) nesta terça-feira (17), no Bloco Administrativo Sílvio Carlos Viana, no bairro de Jacarecica, em Maceió.

Em clima de Natal, não poderia faltar momentos especiais. O coral infanto-juvenil do Lar de Menina, o quarteto de violino compostos por jovens do Projeto Thallita e o coral da Associação Beneficente Santa Terezinha se apresentaram emocionando a todos com músicas natalinas.

Nesta edição, foram sorteados R$ 2 milhões, distribuídos entre pessoa física e instituições sociais. As premiações variam entre R$ 100 a R$ 70 mil. Um total de 5.023 prêmios para os consumidores e 78 prêmios para as entidades.

Foram gerados 271.555 bilhetes, correspondentes a 90.685 CPFs participantes. De forma recorde, os números subiram significamente. Em 2018, foram gerados 132.466 bilhetes, um aumento de 105% para 2019. Já os números dos bilhetes pularam de 36.541 em 2018 para 90.685 em 2019, um avanço de 148%.

Das 93 instituições cadastradas e aptas a concorrer, o total de bilhetes foi de 19.137. Todos são oriundos do compartilhamento realizado por consumidores. Em 2018, foram 8.783 para 19.137 em 2019, um aumento de 117%.

De acordo com chefe de Educação Fiscal, Glácia Tavares, o aumento dos números dos bilhetes, é o resultado do trabalho da boa educação fiscal no Estado, que tem alcançado o reconhecimento de seus benefícios ao cidadão e as entidades. “É gratificante ver as mudanças nas instituições. Com esses sorteios, disseminamos a cidadania e solidariedade”.

A instituição campeã da última rodada do ano foi a Associação de Amigos de Pais de Pessoas Especiais (AAPPE), que levou R$ 70 mil. A Casa do Pobre Santo Antonio De União dos Palmares e o Centro Espírita William Crooks conquistaram R$ 40 mil. Já o Lar São Domingos e a Rede Feminina de Combate ao Câncer ganharam R$ 30 mil.

No rateio, 82 entidades conseguiram pelo menos 1.000 notas fiscais. A instituição com maior número de notas foi a Associação dos Pais e Amigos dos Leucêmicos de Alagoas (APALA), com 104.600 notas, recebendo assim 104 cotas, conquistando R$ 22.732,24.

A presidente da instituição Lar da Menina, Jaci de Seixas, pulou de alegria quando foi anunciado que foi contemplada com R$16.338,00. “Nós participamos da NFC desde o começo, e vem nos proporcionando formas de conseguimos fazer diversas manutenções no prédio, o que antes não tínhamos condições. Com esse dinheiro, vamos ampliar um espaço da sala de música, transformar e um mini-auditório para comportar no mínimo 100 pessoas. Graças a Sefaz, várias entidades estão realizando sonhos”, comemorou.

Já o Paulo Lima, conquistou R$ 1 mil como pessoa física. Ele conta que qualquer compra pede o CPF na nota, e que é o quarto ano que participa da Campanha.  “No final de ano a gente sempre precisa de um dinheiro pra comprar um presente. Graças a NFC tive o privilégio de ser sorteado e levar esse extra para casa. Com muita alegria, vou aproveitar com a família”.

Vencedores

Para conhecer os vencedores do Sorteio de Natal, a lista pode ser encontrada no site da campanha nfcidada.sefaz.al.gov.br/resultados/

Como apoiar

A NFC devolve ao consumidor parte dos impostos arrecadados via ICMS pelos estabelecimentos comerciais. Na prática, após comprar um produto, o estabelecimento paga o imposto dessa mercadoria para o Governo do Estado e até 10% do ICMS volta para o consumidor que pediu a nota, registrou seu CPF na hora da compra e se cadastrou na campanha.

Vale ressaltar que é possível compartilhar notas fiscais com uma instituição cadastrada na NFC. Ao todo são 98 entidades. A cada 10 notas fiscais o consumidor ganha um cupom. Quando ele compartilha, ganha o número de bilhetes em dobro.