Secretário da Fazenda palestra sobre situação previdenciária de Alagoas em Congresso - SEFAZ - Secretaria da Fazenda do Estado de Alagoas
Notícia

SEFAZ

Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas
Quarta, 20 November 2019 10:34

Secretário da Fazenda palestra sobre situação previdenciária de Alagoas em Congresso

Palestra ocorreu nestaquarta (20) no Centro de Convenções Palestra ocorreu nestaquarta (20) no Centro de Convenções Ivo Neto

Os reflexos da PEC 06/2019 no Tesouro Estadual foi tema da palestra que o secretário de Estado da Fazenda de Alagoas, George Santoro, ministrou durante o 18 Congresso Nacional da Previdência da Aneprem, realizado no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Maceió.

 

O evento tem como objetivo ampliar o intercâmbio entre os RPPS, servidores públicos de Regimes Próprios de Previdência de todo o Brasil, por meio do debate de temáticas relacionadas à previdência da categoria e a conjuntura econômica em evidência na agenda previdenciária, relacionando teoria e prática. 

 

Durante a palestra, Santoro abordou a situação previdenciária de Alagoas, mostrando os dados que comprovam que o estado apresenta um déficit quanto a esta questão, como a distribuição de segurados ativos e inativos. Atualmente o sistema previdenciário do estado é composto por 37.120 servidores ativos, 25.139 inativos e 7.885 pensionistas correspondendo à 53%, 36% e 11% respectivamente.

 

“Os movimentos recentes no que diz respeito à previdência são mais um reflexo da necessidade de modificação de um sistema que por vezes foi insuficiente e incompatível com o orçamento público. Um dos pontos que permeiam a discussão em torno da reforma previdenciária, trabalha em cima da projeção sobre a estimativa da população, levando em consideração a diminuição da população jovem até 2060 e aumento da população em idade para obter a cobertura previdenciária”, pontuou o Secretário da Fazenda.

 

Um importante ponto a ser destacado é o aumento das despesas com a previdência, que de acordo com os dados do Portal da Transparência do Governo Federal vem apresentando uma sucessão de variações positivas ao longo dos anos.