Notícia

SEFAZ

Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas
Terça, 09 January 2018 13:08
FINANÇAS

Governo conta com novo Sistema de gestão financeira a partir do dia 22

Implantação ocorrerá gradativamente, iniciando pela Secretaria de Saúde e Poderes

Plataforma está sendo preparada para instalação há sete meses Plataforma está sendo preparada para instalação há sete meses Divulgação
Texto de Isabelle Monteiro

Alagoas inicia 2018 dando grandes passos no aperfeiçoamento tecnológico. Isto por que o Governo do Estado começa, a partir do dia 22, a implantação definitiva do Sistema Integrado de Administração Contábil e Financeira (Siafe/AL). A lei que autoriza a utilização da nova ferramenta já foi sancionada pelo governador.

 

O processo de implantação foi desenvolvido ao longo de 2017 para que o sistema pudesse funcionar em janeiro de 2018. Por isso, como parte de sua finalização, a Secretaria da Fazenda de Alagoas (Sefaz/AL) está organizando um cronograma de ações estratégicas a serem desenvolvidas para atender as peculiaridades de cada unidade gestora.

 

De acordo com o secretário, George Santoro, a plataforma está sendo preparada para instalação há sete meses, o que é considerado tempo recorde, pois normalmente instalações do tipo são realizadas por no mínimo dois anos. O chefe da Fazenda pública explica também, como será a primeira fase do Siafe/AL.

 

“Para ter um trabalho mais alinhado e assertivo, nos programamos para realizar uma implantação gradativa. Escolhemos a secretaria de Estado da Saúde para ser a primeira dos órgãos a receber a ferramenta, bem como os poderes, por se tratar de setores que possuem demandas complexas, além de algumas outras pastas”, ressalta.

 

Santoro afirma ainda que, logo após esta primeira etapa para o funcionamento do sistema, as equipes do Tesouro estadual e da Tecnologia da Informação darão continuidade à implantação nas outras pastas, seguindo cronograma definido pela Sefaz e priorizando as particularidades de cada uma.

 

SIAFE/AL

 

A nova ferramenta integra todos os procedimentos orçamentários, financeiros e contábeis do Estado, isto significa que os pagamentos de tributos, guias e afins entram diretamente no sistema financeiro, o que era feito de forma manual com o antigo programa. Além disto, o Siafe permite ainda o controle social feito pela população, o que otimiza os gastos públicos.

 

SIAFEM E PLANTÃO DE ATENDIMENTO

 

O processo de encerramento do Siafem, plataforma da década de 80 que é utilizada atualmente, terá início nesta quinta-feira (11). Após esta data, serão realizados apenas ajustes internos na Sefaz. Sendo assim, todas as unidades gestoras devem ficar atentas ao prazo para a resolução de suas atividades no sistema antigo.

 

Entretanto, para auxiliar os órgãos com o recebimento do Siafe, a Secretaria da Fazenda vai disponibilizar, uma equipe de atendimento aos gestores que necessitarem de alguma orientação quanto aos procedimentos que devem ser efetuados. O início deste plantão deve ser anunciado na próxima semana.

 

ETAPAS VENCIDAS

 

O procedimento foi dividido em algumas etapas básicas: A primeira foi à adaptação do sistema com a preparação dos ambientes do projeto, definição e gerenciamento do escopo. Em seguida, a equipe técnica começou à segunda fase que incluiu desenvolvimento, refinamento e integração, sendo a última estendida a todos os sistemas, incluindo a importação da Receita e o Portal da Transparência, o que concluiu a terceira etapa. Simultaneamente a estas fases, foi desenvolvida a migração e consolidação dos dados, bem como iniciados em agosto de 2017, os treinamentos aos servidores.