Notícia

SEFAZ

Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas
Quinta, 04 January 2018 18:19
MAIS BENEFÍCIOS

Consumidores utilizam créditos da Nota Fiscal Cidadã em descontos no IPVA

Foram realizadas 336 solicitações entre os meses de novembro e dezembro de 2017

Campanha da Sefaz promove abatimento no Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores Campanha da Sefaz promove abatimento no Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores Ascom Sefaz
Texto de Tatyane Barbosa

Vantagem, comodidade e segurança. Esses, somados ao estímulo da solidariedade e cidadania, são pontos encontrados no programa Nota Fiscal Cidadã (NFC). Prova disso é que 336 consumidores alagoanos solicitaram, entre novembro e dezembro, que os créditos gerados pela campanha fossem utilizados como desconto no IPVA 2018, totalizando R$ 31.930,73 poupados.

 

Para obter algum desconto por meio dos créditos da NFC, basta informar o CPF no ato de qualquer compra e, posteriormente, requerer no sistema da campanha, durante o período de disponibilização, ou seja, entre o início de novembro a 31 de dezembro.

 

O analista de sistemas Caio Santos já solicitou duas vezes essa operação e se mostra bastante satisfeito. “É muito bacana o cidadão escolher onde quer utilizar a porcentagem do ICMS recolhido que retorna devido ao programa. Serve como incentivo para sempre pedir o CPF na nota e praticar a cidadania ao exigir o documento fiscal pelo estabelecimento”.

 

Àqueles consumidores que não utilizaram os créditos em desconto no IPVA podem transferir o dinheiro para sua conta corrente ou poupança. Como os créditos são pessoais e intransferíveis, apenas devem ser utilizados pelo titular da conta.

 

IPVA 2018

 

A Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas (Sefaz/AL) calcula automaticamente os abatimentos no IPVA para a emissão dos boletos de pagamento, os quais estarão disponíveis a partir do dia 9, no Espaço do Contribuinte pelo link www.sefaz.al.gov.br.

 

Os contribuintes que optarem por quitar o imposto em cota única será concedido desconto de 10% (dez por cento), contanto que o pagamento integral seja efetuado até o dia 28 de fevereiro.

 

Há ainda a possibilidade de parcelar os débitos de IPVA do ano vigente em até seis vezes. As mensalidades não podem ser inferiores ao valor de R$ 100.