Notícia

SEFAZ

Secretaria de Estado da Fazenda de Alagoas
Sexta, 01 Setembro 2017 13:24
NOTA FISCAL CIDADÃ

Universitários incentivam compartilhamento de cupons com a Casa do Coraçãozinho

Trote solidário acontece durante a gincana da Faculdade Estácio de Sá

Gincana visa gerar multiplicadores em Alagoas e conscientizar a população sobre a contrapartida social da Campanha Nota Fiscal Cidadã Gincana visa gerar multiplicadores em Alagoas e conscientizar a população sobre a contrapartida social da Campanha Nota Fiscal Cidadã Ascom Sefaz
Texto de Débora Vieira

Cerca de seis mil alunos da Faculdade Estácio de Sá, em Alagoas, estão se reunindo por uma causa nobre: ajudar o projeto social Casa do Coraçãozinho. Não serão realizadas somente atividades comuns que envolvam o tema solidariedade, como doar alimentos, brinquedos ou uma quantia de dinheiro. A missão consiste em gerar resultados multiplicadores em Alagoas e conscientizar a população sobre a contrapartida social da Campanha Nota Fiscal Cidadã (NFC) da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz/AL).

 

O ‘trote solidário’, como ficou conhecido, propôs aos alunos, na edição 2017, o desafio de conseguir novos cadastros no Programa da NFC e convencer a população a compartilhar os cupons fiscais com a Casa do Coraçãozinho, uma das instituições participantes da Nota Fiscal Cidadã. A recompensa para quem conseguir um maior número de adeptos vem por meio de pontos extras nas disciplinas e em certificados com horas extracurriculares.

 

Para a gerente comercial da Estácio de Sá, Simone Moreira, a gincana é uma oportunidade de difundir o lado solidário da Nota Fiscal Cidadã. “Muitos acham que, ao adotar uma instituição social e compartilhar seus cupons, perdem a oportunidade de concorrer aos prêmios, mas, na verdade, o que acontece é que, dessa forma, as chances de premiação dobram, bem como as da instituição escolhida”, motiva Simone Moreira, acrescentando que, “além dos alunos e professores da instituição se cadastrarem, os participantes visitarão comunidades situadas em Maceió para estimular maior adesão à campanha”.

 

Cidadania

 

Outro quesito desenvolvido com os alunos durante a gincana é a importância de colocar o CPF na nota fiscal. A ideia é que eles também compartilhem conhecimento nas comunidades visitadas sobre a importância da arrecadação de tributos para o Estado.

 

“Além de participarem da Notal Fiscal Cidadã, eles exercem a cidadania em Alagoas ao exigir a nota fiscal”, explica a gerente do Programa Educação Fiscal da Sefaz, Glácia Tavares.

 

A gincana foi lançada na última terça-feira (29) e tem início nesta sexta-feira (1º), seguindo até o dia 24 de setembro. “Queremos, com a dinâmica, formar cidadãos conscientes, além de profissionais capacitados e prontos para o mercado de trabalho”, finaliza a gerente comercial.

 

Para contabilizar o total de cadastrados, a equipe de TI da Sefaz disponibilizou um endereço eletrônico onde os estudantes irão inserir os dados dos consumidores. Para ganhar pontos para a sua equipe é preciso incluir o nome do curso. A contagem pode ser acompanhada no seguinte endereço sefaz.al.gov.br/trotesolidario.

 

Casa do Coraçãozinho

 

O projeto funciona como um local de apoio e atendimento especializado a crianças cardiopatas, dedicado exclusivamente aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). A casa de apoio é localizada em frente ao Hospital do Coração, no bairro da Gruta de Lourdes, e oferece acompanhamento clínico para quase 500 crianças alagoanas que nascem com problemas cardíacos.

 

Para a gerente de relacionamento da Fundação Cardiovascular de Alagoas (Cordial), Monica Suruagy, a dinâmica é uma forma de a sociedade alagoana conhecer a causa e apoiar. “Em conjunto (Sefaz/AL, Estácio e Cordial), idealizamos esse movimento para estimular a galera e formar agentes multiplicadores. Com a campanha queremos que as pessoas abracem essas crianças”, explica Monica.